O que nunca mais vai se repetir é o que torna a vida tão doce.

Emily Dickinson

fechar

Close

Quanta coisa cabe em um abraço?

O abraço alivia a dor, sincroniza as batidas dos corações, aquece no frio, energiza, faz sorrir, aproxima, ajuda a entender, a acolher e desperta para amar... ele é uma das formas mais espontâneas de demonstrar carinho.

Abraço não tem contraindicação alguma em momentos bons e nos ruins também. Quem é que não gosta de receber um abraço para ser consolado num momento difícil?

Quem é que não aprecia receber um abraço de comemoração, num momento de intensa emoção?

Os efeitos do abraço são cientificamente comprovados, profissionais da saúde atestam que quando abraçamos nós aumentamos significativamente a quantidade de hemoglobina no sangue, e é a hemoglobina a responsável por levar o oxigênio para todos os nossos órgãos... então, quando ela aumenta, todo o nosso corpo se ativa e responde positivamente prevenindo doenças e acelerando a recuperação de possíveis enfermidades. Isso não é o máximo?!?

As reações químicas despertadas em nosso cérebro por um bom abraço provocam sensações deliciosas em todo corpo, sensações que são capazes até de alterar o estado de humor de uma pessoa. O abraço libera a oxitocina, que também é conhecida como o hormônio do bem estar; além disso ele libera endorfina, a mesma substância que é liberada depois de uma boa dose de atividade física ou depois de comer um delicioso chocolate.

O abraço é também um veículo de comunicação, de conexão entre duas pessoas... mas muitas vezes nós simplesmente nos esquecemos de abraçar, seja pela correria, pelas complicações da vida, e isso nos entristece, nos endurece...

Que tal adicionar doses homeopáticas de abraço no seu dia?

Você pode começar com quem está bem pertinho de você, pode começar pela sua família, pelos amigos que lhe são tão queridos... e quem sabe até oferecer um abraço a alguém inusitado e que esteja precisando?

Já vou adiantando... isso é bom e pode se tornar um vício saudável...

Loading...
Loading...